SEMINÁRIO DE DIREITO MUNICIPAL E ELEIÇÕES 2020: PRESIDENTE DO TREMG ALERTA PARA AS FAKE NEWS

“As fake News são doenças sociais que podem infectar cada um de nós.” A afirmação e o alerta foi feita pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais – TREMG, desembargador Rogério Medeiros, na manhã desta sexta-feira 13, em sua palestra de abertura do Seminário de Direito Municipal e Eleições 2020.

 

O evento assinado pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene – CIMAMS, Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Minas Gerais e o Instituto dos Advogados de Minas Gerais – IAMG, com apoio da OAB – Montes Claros, reuniu aproximadamente 700 pessoas, entre prefeitos, representantes de partidos políticos, advogados, procuradores municipais, pré-candidatos e demais interessados, dos 86 municípios do Norte de Minas.

Com a proliferação das chamadas fake News, o presidente do TREMG pediu para que as pessoas fiquem sempre atentas e em caso de dúvidas, não replicar a informação e fazer uma checagem antes.

O desembargador Rogério Medeiros fez questão de destacar sobre a segurança da urna eletrônica, que é eficiente e dá mais celeridade no processo de apuração eleitoral, além de s possuir vários mecanismos de segurança. Acrescentou ainda, que o processo será ainda mais ágil com a implantação da biometria.

O presidente do CIMAMS, Edmárcio Moura Leal, prefeito de Matias Cardoso, comemorou a realização do seminário e disse que o consórcio está prestando uma importante contribuição no processo eleitoral, com as palestras que são de interesse de prefeitos, pré-candidatos, procuradores municipais, e advogados.

“Hoje, aqui, toda região está representada neste seminário. Esta representação acontece porque muitas mudanças das leis foram feitas e ainda são desconhecidas pelos pretensos candidatos. Temos que agradecer parceiros como a EJE do TREMG, TCEMG, IAMG, e OAB, através dos seus técnicos que tão bem discorreram sobre os temas. Cabe agora, a cada participante, assimilar as informações e replicá-las junto aos seus grupos políticos”, comentou o presidente Edmárcio Moura.

Arthur Amorim Júnior
ASCOM/CIMAMS