Programa gratuito desenvolvido pelo Sebrae desde agosto na cidade capacita 22 mulheres

 

Aprendizado, conhecimento, amizade e muita troca de experiências. Esses foram os resultados da atuação do programa Sebrae Delas em Montes Claros, de agosto a dezembro deste ano. Ao todo, foram 22 mulheres selecionadas para participar gratuitamente do programa que tem o objetivo de aumentar a probabilidade de sucesso de ideias e negócios liderados por mulheres. Além disso, busca valorizar as competências, comportamentos e habilidades e difundir a cultura empreendedora.

A assistente do Sebrae Minas Samira Melo acompanhou todo o processo e defende a importância da iniciativa para o sucesso da mulheres. “Estudos mostram que as mulheres abrem mais negócios que os homens e normalmente são mais escolarizadas. Mas, ainda assim, seus empreendimentos são menos inovadores e têm lucros mais baixos, além de serem negócios menos diversificados e com menor potencial de internacionalização. Diante desses fatores, é fundamental fomentar as ideias e apoiar essas mulheres que podem fazer a diferença”.

Durante cinco meses as 22 mulheres participaram de palestras, cursos e capacitações, como, o Reload e o Bootcamp. “Podemos perceber uma evolução muito grande das participantes. Elas adquiriram mais consciência na tomada de decisões e na execução do planejamento do modelo de negócio. Surgiu entre elas uma conexão muito forte que permite troca de experiências, parceria, amizade e aprendizado mútuo. É motivador ver o interesse e o crescimento dessas mulheres“, destaca Hebbe Mendes, analista do Sebrae Minas que coordena o programa em Montes Claros.

Motivação e aprendizado

Desde que as atividades começaram no mês de agosto, as 22 selecionadas estão sempre juntas em busca da melhoria dos seus empreendimentos. Uma delas é Leticia Veloso, proprietária da loja virtual Tudo de Meias, que vende para todo Brasil meias femininas, masculinas e infantis. Ela já teve loja física, mas atualmente se dedica exclusivamente à venda pelo site e pelo Instagram.  “Está sendo maravilhoso para meu crescimento profissional e pessoal, porque estava meio perdida e, agora, despertei. Foi muito bom participar dos cursos e das capacitações, que me deram uma visão mais ampla sobre negócios. Durante os cursos, a gente não fica apenas ouvindo, o Sebrae nos ensina e incentiva a pôr a mão na massa como no Bootcamp, no qual temos que criar e tomar decisões”, conta.

Leticia destaca ainda que eventos como o Reload contribuíram de forma significativa para a melhoria do seu empreendimento. “Como trabalho com as redes sociais, o programa e outras ações ligadas a vendas online me ajudaram muito. Faço um balanço altamente positivo do Sebrae Delas e não vejo a hora das atividades recomeçarem em 2020”.

Quem também está feliz em participar da iniciativa é Lilianne Celestino Ferreira, da Bolateria da Vovó, confeitaria que fabrica bolos e doces e também atende recepções e eventos.  “O Sebrae Delas está sendo fundamental para meu negócio. Aprendi muito sobre atendimento, gerenciamento de mídias sociais, controle financeiro e aplicação dos recursos. Hoje, enxergo meu negócio de uma outra forma e passei a entender o que é empreender” ressalta.

Além do fator profissional, Liliane destaca também a boa convivência e a troca de experiência entre as participantes. “ Somos uma equipe, quase uma família. O fato de todas as participantes serem mulheres nos ajuda demais a dividir problemas, anseios e dúvidas. Compartilhamos tudo e, assim, uma entende a dificuldade da outra. Vamos crescendo profissionalmente e também como pessoa. Vou continuar firme com o programa em 2020, sempre em busca de mais conhecimento”, comenta.

As atividades recomeçam no início de 2020 e estão previstas capacitações em liderança, finanças e legislação. Ao longo dos anos, várias outras ações serão desenvolvidas para deixar as mulheres cada vez mais competitivas, capacitadas e seguras de suas competências.