SANTA CASA DE MONTES CLAROS OFERECE ATENDIMENTO ONCOLÓGICO ATRAVÉS DO SUS


Texto e foto: Ana Paula Paixão / Arte: Juliano Gonçalves
Hoje, 04, é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Câncer. De acordo com o  Instituto Nacional de Câncer – INCA, a iniciativa foi criada no ano de 2000 e tem como objetivo de aumentar a conscientização e a educação mundial sobre a doença. O Brasil deverá registrar 625 mil novos casos de câncer para cada ano do triênio 2020/2022. Se descontados os casos de câncer de pele não melanoma, serão 450 mil novos registros da doença a cada ano.
A Santa Casa de Montes Claros, maior hospital da região, conta com o Centro de Alta Complexidade em Oncologia Irmã Malvina – Cacon, há 25 anos.  Em média, através do Sistema Único de Saúde (SUS), são realizados cerca de 1.300 (mil e trezentos) atendimentos por mês nas áreas de atendimento ambulatorial, quimioterapia, radioterapia e hematologia.
A médica oncologista Romana Barbosa, ressalta que os dois tipos de câncer que o hospital mais atende são os de mama e o de próstata. “Em 2020, de acordo com o INCA, 65.840 (sessenta e cinco mil, oitocentos e quarenta), foi a estimativa de novos  casos de câncer de próstata e 66.280 (sessenta e seis mil, duzentos e oitenta), novos casos de câncer de mama. Isso pode ser percebido no atendimento da Oncologia SUS da Santa Casa”, afirma.
O Centro de Alta Complexidade em Oncologia conta com uma equipe médica formada por oncologistas e hematologistas e disponibiliza ainda equipe multiprofissional nas áreas de enfermagem, farmácia, serviço social, nutrição, fisioterapia, odontologia e psicologia. “Com a missão de prestar um serviço humanizado e digno aos pacientes,  sempre buscamos oferecer um atendimento dentro dos mais altos padrões de qualidade, aliando tecnologia e humanização, através de uma equipe multidisciplinar especializada”, afirma o superintendente do hospital, Maurício Sérgio.

Ele ressalta ainda que a Instituição conta com equipamentos modernos e disponibilização de recursos tecnológicos exclusivos, tais como acelerador linear, braquiterapia de alta taxa de dose e também planejamentos computadorizados tridimensionais. Além do atendimento SUS, o hospital conta ainda com a parceria das clínicas Radialis e Oncocenter,  que também utilizam a tecnologia a serviço da vida, buscando sempre a  assistência com excelência e utilizando técnicas pioneiras.

Previous Pequenos negócios mineiros geram saldo de emprego positivo, em 2020, enquanto grandes e médias ficam no vermelho
Next Pela Superliga, Moc América recebe o Caramuru neste sábado (6)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.