PT pede ao STF suspensão da Copa América no Brasil


O PT apresentou ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta 2ª feira (31.mai.2021) um pedido para suspender todas as tratativas envolvendo a realização da Copa América no Brasil. O partido enviou um adendo em uma ação que já tramita na Corte, e que trata da adoção de um plano de vacinação nacional contra a covid. O relator do caso é o ministro Ricardo Lewandowski.

Dentre as tratativas que devem ser suspensas, o partido citou: assinatura de contratos e protocolos que possam vir a ser firmados entre o Estado Brasileiro e a Conmebol, ou entre o governo federal e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

No documento enviado ao Supremo, o PT afirmou que o governo federal deu “imediato aval” para a realização da Copa América, “sem se preocupar com o avanço epidemiológico enfrentado pelo país, muito menos consultando os demais entes federativos sobre sua concepção sobre o caso”. 

Eis a íntegra (665 KB).

O partido pede que o presidente Jair Bolsonaro e os ministros da Casa Civil, Saúde e Relações Exteriores, além do Secretário Nacional do Esporte, sejam intimados a prestar esclarecimento sobre processo administrativo instaurado “a fim de se aferir a condição de o país sediar evento esportivo internacional, como a Copa América”.

Também pede a manifestação de prefeitos e governadores dos locais que venham a ser escolhidos como sede do evento para que informem sobre as condições dos sistemas de saúde locais e a capacidade de receber os jogos.

“Mesmo em face do precário avanço do Brasil no enfrentamento ao vírus, sobretudo quanto à vacinação da população brasileira, o Governo Federal, nesta segunda-feira (31), tomou decisão que desrespeita qualquer preceito de segurança sanitária ou protocolo de proteção recomendado pelas autoridades sanitárias mundiais”, afirmou o PT.

Anúncio

A Conmebol confirmou na manhã desta 2ª feira (31.mai) que a Copa América 2021 será realizada no Brasil. De acordo com a organização, o torneio terá a mesma data de início, 11 de junho. A lista de cidades que vão receber os jogos ainda será divulgada. O ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, disse, no entanto, ““Não tem nada certo”. 

“Até agora não há documento firmado. Apenas essas tratativas”, falou. “Não tem nada certo, quero pontuar de uma forma bem clara. Estamos no meio do processo. Mas não vamos nos furtar de uma demanda, caso seja possível, de atender”, declarou.

O torneio foi cancelado na Argentina no domingo (30.mai) por causa do avanço da pandemia. A Colômbia, que sediaria a Copa América junto com os argentinos, também desistiu pelo mesmo motivo e pela pressão de manifestantes.

Previous Ministro da educação afirma que Enem 2021 será em novembro
Next Professor é detido em Goiás por faixa chamando Bolsonaro de “genocida”

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.