Profissionais de eventos fazem pedido de socorro com passeata em Montes Claros


Parados há mais de 6 meses, trabalhadores do setor mobilizam uma manifestação para o dia 22 de outubro para chamar a atenção da Prefeitura de Montes Claros; o intuito é chamar a atenção do poder executivo municipal para liberar a realização de eventos, tomando todos os cuidados necessários
Obrigados a suspender as suas atividades desde o mês de março deste ano, quando a pandemia de Covid-19 começou a assolar o mundo, milhares de trabalhadores do setor de eventos viram suas rendas serem zeradas de forma abrupta. O setor entrou em uma crise sem precedentes. Em algumas cidades brasileiras, o segmento começa a retomar as atividades de forma gradual, mas em Montes Claros ainda não existe uma previsão para o retorno. Por isso, os profissionais da área mobilizam uma manifestação para o dia 22 de outubro, a partir das 16h, com uma passeata que reunirá técnicos, produtores, artistas e outros agentes da indústria do entretenimento, que sairão da loja de conveniência BR Mania e seguirão até a porta da Prefeitura Municipal.
De acordo com Rodrigo Marques, presidente da AMEE – Associação Mineira de Eventos e Entretenimento, o objetivo desta mobilização é unir as forças com profissionais e empresas do segmento para gritarem por ajuda ao poder executivo municipal da capital mineira. “O setor cultural é responsável por 13% do PIB brasileiro, e, incluindo os eventos, emprega 5,2 milhões de trabalhadores. E não há nada que possamos fazer sem que exista um faturamento. Os caixas das empresas estão zerados, não há previsão de receita, mas as responsabilidades e contas continuam existindo. Os salários de funcionários terão que ser pagos (ou possíveis rescisões), assim como os respectivos impostos, além de outras despesas fixas como aluguel, água, luz, comunicação, serviços de manutenção etc. Se nada for efetivamente feito, 2020 será marcado como o ano em que mais empresas de eventos fecharam as suas portas em toda a história. O nosso setor está agonizando”, diz o profissional, que, além de presidir a associação, possui uma empresa de montagem de estruturas.
“Entendemos a complexidade do momento e estamos planejando todos os cuidados necessários para evitarmos o aumento de casos de Covid-19. Suplicamos ao nosso prefeito pelo direito de trabalhar. Já elaboramos rígidos protocolos que visam a realização dos eventos de forma segura, tanto para o público, quanto para quem estiver trabalhando, como, por exemplo, a limitação de 50% da capacidade dos locais. O nosso setor está agonizando e precisa de uma rápida retomada para que muitas empresas e empregos não deixem de existir”, completa Rodrigo Marques.
Para participar da mobilização, a AMEE Norte – Associação Mineira de Eventos e Entretenimento pede que os profissionais estejam no BR Mania, vestidos de preto, às 15h. “O intuito não é atrapalhar a rotina da cidade, mas sim chamar a atenção do poder público e da sociedade para a importância do setor de eventos para a cultura, o entretenimento e à economia. Não é só festa. É trabalho, é economia, são vidas. Por isso, vamos fazer a nossa passeata pacificamente e todas as autoridades competentes já foram comunicadas”, destaca Luís Fernando Aguiar Nobre, diretor da AMEE-NORTE.

Serviço:
Passeata dos profissionais de eventos e artistas de Montes Claros
Data: 22 de outubro, quinta-feira
Horário: a partir das 16h
Concentração na loja de conveniência BR Mania (Av. Dep. Esteves Rodrigues, 1121 – Todos os Santos) e passeata até a porta da Prefeitura Municipal de Montes Claros

Assessoria de imprensa:
Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com

Informações para a imprensa em Montes Claros:
Ana Maria Barbosa – (38) 99966-0966
anamariabarbosacomunicacao@gmail.com

Previous Aberta as inscrições para o Desafio Virtual Novo Nordisk Mudando o Diabetes em comemoração ao Dia Mundial do Diabetes
Next Memórias de Minas em exposição no Montes Claros Shopping

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.