NORTE DE MINAS E VALE DO JEQUITINHONHA GANHAM CENTRO DE CONVENÇÕES, DO MINISTÉRIO DO TURISMO


O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, estará em Montes Claros, nesta quarta-feira 12, às 15 horas, para anunciar recursos para construção do Centro de Convenções do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, e que será gerenciado pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene – CIMAMS.

 

A obra que está orçada em R$ 4 milhões, com recursos disponibilizados pelo Ministério do Turismo através da Caixa Econômica Federal, será construída em área doada pelo município de Montes Claros, localizada à avenida Governador Magalhães Pinto, próximo a nova Cidade Administrativa.

O Centro de Convenções ocupará uma área de dois mil metros, com salas de reunião e de treinamentos para prefeitos, de imprensa, além do Auditório Multiuso (que vai ocupar 402m2); oficina para 100 pessoas; e outra oficina para 30 pessoas. Os espaços serão disponibilizados para as realizações de teatro, seminários, convenções, exposições, feiras, cursos, treinamentos e outros.

A solenidade do anúncio dos recursos para construção do Centro de Convenções do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, acontecerá no auditório da nova Prefeitura de Montes Claros, na Cidade Administrativa, com público restrito, obedecendo os protocolos para evitar aglomerações. O evento também será transmitido através de videoconferência, nas plataformas disponibilizadas pelo CIMAMS e Prefeitura de Montes Claros.

Prefeitos do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha, e lideranças empresariais destacaram a importância da construção do Centro de Convenções para ajudar a impulsionar o turismo, a cultura e a arte das duas regiões:

O prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, disse que o Centro, além da sua construção física, será importante para ajudar no desenvolvimento do turismo e unir o Norte de Minas e o Vale do Jequitinhonha. “Será uma oportunidade de unir as duas regiões e dos seus municípios. Precisamos oxigenar essa relação entre o Norte e o Jequitinhonha, pois falta entrosamento profissional e relações institucionais entre as cidades. O Centro, acredito, vai ajudar a estreitar esta relação e a divulgar o nossa cultura através do turismo.” Comentou o prefeito de Diamantina

O prefeito de Patis, Valmir Morais de Sá, disse que o novo Centro de Convenções elevará o turismo regional e será importante para ajudar no aquecimento da economia dos municípios. “Quero destacar o apoio e a sensibilidade que o Ministro Marcelo Álvaro Antônio teve, por acreditar nesse empreendimento que será o elo de ligação dos municípios do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha, através dos seus potenciais turísticos”, assinalou

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Montes Claros, Ernandes Ferreira, disse que o Centro de Convenções será importante para as duas regiões, e Montes Claros por ser referência, necessitava de um espaço maior para abrigar eventos de grande envergadura relacionados a divulgação do turismo, cultura e artes, do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha. “Esse empreendimento vai contribuir para ocorrer uma sinergia entre as iniciativas públicas e privadas, e ajudar na divulgação do turismo que ainda, é pouco explorado e divulgado”, analisou.

Sobre o anúncio dos recursos para construção do novo Centro de Convenções, que será feito pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, nesta quarta-feira, o prefeito de Claro dos Poções, Norberto Marcelino disse que é uma sensação de que a região está sendo lembrada e atendida pelo Governo Federal. “O ministro Marcelo Álvaro é o representante de Minas, no Governo Bolsonaro, e com o seu interesse em ajudar a nossa região, através deste Centro, mostra que não estamos sendo esquecidos. Acredito que outros programas, além do Centro de Convenções, serão lançados e em muito beneficiarão os municípios do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha”, frisou.

Finalizando, o presidente do CIMAMS, Edmárcio Moura Leal, prefeito de Matias Cardoso, acrescentou que o Centro de Convenções do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha representará a consolidação do turismo das duas regiões, que possuem fortes vocações. “O Consórcio segue com o seu objetivo de unir os municípios. Com a construção do Centro, acredito que conseguiremos manter mais forte esta relação municipalista, através do turismo, da cultura e da arte. Importante destacar que a construção do Centro mostra que o Norte de Minas e o Vale do Jequitinhonha estão sendo lembrados pelo Governo Federal”.

Arthur Amorim Júnior
ASCOM/CIMAMS

Norte de Minas, terça-feira, 11 de agosto de 2020

Previous Banco do Nordeste prepara linha de crédito voltada para serviços de saúde
Next Governo de Minas continua investindo e reforçando ações de atendimento à Covid-19 no Hospital Universitário

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.