MP junto ao TCU pede apresentação de plano para conter crise hídrica


O subprocurador-geral do MP (Ministério Público) junto ao TCU (Tribunal de Contas da União), Lucas Rocha Furtado, pediu nesta 2ª feira (31.mai.2021) que o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) apresente um plano de contingência para prevenir apagões no Brasil.

Furtado também solicita que o TCU analise se as medidas governamentais de gestão da crise hídrica são adequadas, e que a situação dos reservatórios seja acompanhada periodicamente para que o Executivo mantenha o abastecimento de água e energia. Eis a íntegra.

Verifica-se que a situação dos recursos hídricos no Brasil é crítica, o que demanda atenção das autoridades públicas para que não se torne um problema tão grave como os que já vivemos em passado recente com racionamento de água e energia“, diz o subprocurador.

O pedido é baseado em uma reportagem do jornal Valor Econômico. Segundo o texto, a crise hídrica atinge o setor elétrico, que já cogita um novo racionamento de energia. A notícia também diz que o governo federal planeja criar um comitê para evitar apagões.

SEM RACIONAMENTO

Conforme noticiou o Poder360 nesta 2ª, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, descartou a possibilidade de racionamento. Ele pediu, no entanto, que as pessoas consumam água de modo “racional”.

Não trabalhamos com essa possibilidade [de racionamento] porque tudo indica que nós temos o controle da situação”, declarou o ministro em entrevista ao jornal O Globo.

O governo emitiu na última 6ª feira (28.mai) um alerta de emergência hídrica para a região da bacia do Rio Paraná, que abrange 5 Estados: Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. Se estenderá de julho a setembro de 2021.

Albuquerque chegou a afirmar no começo do mês que o país vive a pior crise hídrica desde 1931.O ministro diz agora que espera “chegar ao fim do ano numa situação mais confortável” para que 2022 seja um ano “com tranquilidade e custo de energia mais baixo”.

Previous Deputado vai à Justiça contra a realização da Copa América no Brasil
Next Rio de Janeiro inicia vacinação contra covid-19 para público em geral

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.