MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS PARA CELEBRAR CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE CÂNCER INFANTOJUVENIL É REALIZADA EM HOSPITAL


 
Atualmente, 200 crianças e adolescentes estão em tratamento e/ou acompanhamento na Santa Casa de Montes Claros
Ana Paula Paixão/Hudson Brazil
A Santa Casa de Montes Claros, em parceria com a Fundação Sara Albuquerque, através da Capelania do hospital, realizou na tarde de hoje, 02, Missa em Ação de Graças para celebrar o mês de conscientização sobre o câncer infantojuvenil. Conhecido como “Setembro Dourado”, a campanha, representada mundialmente pelo símbolo do laço dourado, tem como foco chamar a atenção para o diagnóstico precoce.
Segundo uma das oncopediatras do hospital, Dra. Sabrina Eleotério, o diagnóstico nas fases iniciais da doença é fundamental. “Quando fazemos um diagnóstico precoce aliado a um tratamento efetivo em centros especializados, aumentamos a chance dessas crianças se curarem, reduzimos a probabilidade delas terem problemas recorrentes da doença ou do tratamento a longo prazo e essa criança se torna apta a voltar a suas atividades normais antes de ter a doença”.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o câncer infantojuvenil consiste em um conjunto de doenças que apresentam características próprias, em relação à histologia e ao comportamento clínico. Na maioria das populações, esse tipo de câncer corresponde de 1% a 4% de todas as neoplasias malignas. A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) estima que, no mundo, 215 mil novos casos novos são diagnosticados ao ano em crianças menores de 15 anos, e cerca de 85 mil em adolescentes, entre 15 e 19 anos. No Brasil, os óbitos por câncer entre crianças, adolescentes e adultos jovens correspondem à segunda causa de morte, embora esse padrão se diferencie de acordo com a região.
A SBP ainda destaca que cerca de 80% das crianças e adolescentes com câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados pediátricos com protocolos cooperativos. Atualmente, na Santa Casa de Montes Claros, que é referência regional em tratamento oncológico, 200 crianças e adolescentes estão em tratamento e/ou acompanhamento.
Sinais e Sintomas
O câncer pode apresentar sintomas variados, pois não se trata de uma só doença. Muitos de seus sintomas são comuns a doenças mais simples, portanto, o aparecimento de um ou mais deles não indica necessariamente um diagnóstico de câncer. Os sinais e sintomas persistentes que podem diagnosticar um câncer são:

Febre prolongada de causa não identificada.
Caroço em qualquer parte do corpo, mas principalmente na barriga.
Dores nos ossos e nas juntas, com ou sem inchaço.
Perda de peso.
Manchas roxas, sangramentos pelo corpo sem machucados.

Palidez inexplicada.
Dor de cabeça acompanhada de vômitos, alteração da visão ou perda do equilíbrio.
Nos casos de persistência de qualquer um dos sinais e sintomas citados acima, a orientação é de que procure atendimento médico.
Missa em Ação de Graças celebra combate ao câncer infantojuvenil
A da celebração da missa, conduzida pelo capelão padre Ildomar Pereira, contou com a presença do Presidente da Fundação Sara, Álvaro Gaspar Costa, da sua esposa Marlene Albuquerque Costa, do superintendente do hospital, Maurício Sérgio Sousa e Silva, do provedor José Gilson Veloso Caldeira, além de representantes da diretoria da Santa Casa, médicos, pacientes e colaboradores.
Este ano, o “Setembro Dourado” da Santa Casa de Montes Claros é realizado junto com a Fundação Sara e Confederação Nacional de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC).
Previous Inscrições prorrogadas para a Olimpíada Empreendedora 2021
Next Central Maycon Leite retorna ao Moc América Vôlei

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.