Microempreendedor de pequeno munícipio mineiro aposta em plataforma online e aumenta vendas


MEI da cidade de Japonvar encontrou no Ifood uma “novidade” que agradou os clientes

 

A crise causada pela pandemia do novo coronavírus atinge não só os grandes centros, mas também os negócios dos pequenos munícipios que também tiveram que adotar medidas de isolamento social. De acordo com uma pesquisa do Sebrae, 58% dos empreendedores tiveram que suspender suas vendas durante a pandemia e 31% precisou mudar a forma de funcionamento.

 

Foi assim com o microempreendedor Wesley Alves Ferreira, de Japonvar, município do Norte de Minas com 8.500 habitantes. Ele conta que desde novembro de 2019, abriu a Nasa Açaí, onde conseguiu uma boa clientela e garantia seu sustento. Porém, com a chegada do coronavírus, as vendas caíram e ele precisou se reinventar e mudar a forma de atendimento para não fechar as portas.

 

“Fiquei muito preocupado sobre como iria manter as vendas. Busquei apoio da Sala Mineira do Empreendedor que nos orientou a fazermos um cadastro pela plataforma do Ifood. Como é uma cidade pequena, a novidade agradou demais, principalmente, devido ao cupom de desconto que eles oferecem. Foi uma inovação que deu muito certo. Na primeira semana usando a plataforma, as vendas foram maiores que em dias normais antes da pandemia”, declara o MEI que sempre participou de capacitações oferecidas pelo Sebrae Minas.

 

Empolgado com a novidade, Wesley diz que já está providenciando o cadastramento para sua outra loja em Lontra, município que fica a 11 quilômetros de Japonvar.

 

A ideia de cadastrar os comerciantes da cidade partiu do agente de Desenvolvimento do município Alex Junior Ferreira. “Japonvar é uma cidade pequena, onde grande parte das pessoas sobrevivem dos pequenos negócios, e com o isolamento social, muitos ficaram preocupados e alguns até pensaram em fechar as portas. Foi então que tivemos a ideia de fazer o cadastramento pelo Ifood, o que para a cidade foi uma inovação e uma novidade que agradou e vem atraindo os clientes pela agilidade da entrega e pelo cupom de descontos”, conta .

 

O Agente de Desenvolvimento reforça que vem trabalhando para conscientizar outros microempreendedores da cidade a adotarem a plataforma online.

 

Para a analista do Sebrae Minas Hebbe Mendes, que acompanha e promove ações de apoio aos empreendedores daquele município, a iniciativa foi uma luz para os pequenos comerciantes. “Independentemente do tamanho da cidade ou do negócio, as boas ideias e a inovação são fundamentais em momentos de crise como este. O uso da plataforma pode ser um fato rotineiro em uma cidade maior, mas para os moradores de Japonvar foi uma novidade que despertou o interesse e alavancou as vendas”, ressalta a analista.

Previous Campanha de vacinação contra a Gripe H1N1 é retomada no campus-sede da Unimontes
Next Covid-19: Hospital da Unimontes recebe de volta respiradores pulmonares recuperados na Academia de Polícia Militar

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.