JBS sofre ataque cibernético e paralisa operações nos EUA e na Austrália


A unidade da JBS nos Estados Unidos identificou no domingo (30.mai.2021) que foi alvo de um ataque cibernético que afetou servidores nos EUA e na Austrália. As informações foram divulgadas pela assessoria de imprensa da empresa nesta 2ª feira (31.mai).

De acordo com a nota, a JBS tomou medidas imediatas, suspendendo todos os sistemas afetados, notificando as autoridades e ativando a rede global de profissionais de TI da empresa e de especialistas terceirizados.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

A empresa não tem conhecimento de nenhuma evidência neste momento de que dados de clientes, fornecedores ou funcionários tenham sido comprometidos ou utilizados indevidamente como resultado da situação”, diz o texto.

O ocorrido, entretanto, pode atrasar transações com clientes e fornecedores, já que a resolução do problema pode levar tempo.

No domingo, o CEO da JBS na Austrália, Brent Eastwood, já havia confirmado o ataque ao portal Beef Central. Ele não soube, entretanto, estimar o tempo de duração da paralisação das operações.

A JBS Brasil não comentou o episódio. O Poder360 procurou a empresa, mas ainda não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

Previous Receita Federal espera pagar R$ 25,6 bilhões em restituições do IR em 2021
Next Embaixada da China no Brasil critica países por politização de investigação

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.