Irmãos Weintraub dizem ter sido infectados por ‘cepa agressiva’ da covid


O  ex-ministro da Educação e atual diretor-executivo do conselho do Banco Mundial Abraham Weintraub e seu irmão, o ex-assessor da Presidência da República e atual secretário de Segurança Multidimensional da Organização dos Estados Americanos Arthur Weintraub, publicaram um vídeo no YouTube nessa 6ª feira (4.jun.2021) dizendo que foram infectados por uma cepa agressiva da covid-19. Os irmãos disseram que tiveram os pulmões comprometidos como sequela da doença.

“A gente pegou covid, uma cepa bem agressiva, não foi a normal, aparentemente foi essa nova e inclusive o Arthur, eu, as nossas esposas, inclusive as crianças pegaram”, afirmou Abraham Weintraub que disse que os casos mais graves foram os seus e de seu irmão. Os 2 moram nos Estados Unidos.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

“Eu não achei que fosse covid, de início estava tranquilo, era uma febre alta. […] quando eu vi, não tomei [a vacina], não se pode tomar com o risco de estar com covid. Isso foi no começo de maio. Foi no dia 12 de maio. A gente não pôde tomar e ficamos com a doença”, disse Arthur Weintraub no vídeo.

Abraham Weintraub disse que ele e o irmão fizeram um tratamento, mas não especificou qual.

“A gente está se recuperando ainda, não está 100%, mas a gente agradece todo mundo que ajudou”, disse Arthur.

Gabinete paralelo

Em 23 de maio, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-ES) informou, pelo Twitter, que pediu a convocação de Arthur Weintraub à CPI (comissão parlamentar de inquérito) da Covid no Senado. Segundo o senador, a convocação é para “esclarecer a sua atuação na estrutura extraoficial de assessoramento no combate à pandemia”, conhecida como “gabinete paralelo”.

O gabinete teria influenciado as decisões do Ministério da Saúde e também as posições do presidente Jair Bolsonaro sobre a covid-19. Teria como integrantes médicos defensores do chamado tratamento precoce e do uso da hidroxicloroquina, remédio sem comprovação científica para o combate contra o coronavírus.

No mesmo dia, o senador Humberto Costa (PT-PE) também usou o Twitter para avisar que apresentou requerimento de convocação de Arthur para a CPI.

Eis o vídeo (5min6s):

Previous G7 fecha apoio a imposto mundial de pelo menos 15% sobre grandes empresas
Next Deltan Dallagnol expressa apoio a Bretas depois de reportagem

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.