HUCF mostra sua importância para a região no enfrentamento da pandemia da Covid-19


A relevância do Hospital Universitário Clemente de Faria como referência regional no enfrentamento da pandemia foi evidenciada com o atendimento ao caminhoneiro L. C. de S, de 51 anos, natural do Ceará, que recebeu alta no HUCF no dia 10 de junho. Ele permaneceu internado durante 46 dias, dos quais 30 foram no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Deixou o hospital sob aplausos.

história do paciente nordestino é mais uma entre tantas outras que passam diariamente pelos corredores do Hospital, cujo atendimento é 100% gratuito, por conta do Sistema Único de Saúde (SUS). A excelência em cuidar da vida das pessoas consolida o Hospital da Unimontes como referência ao garantir, também, neste período de pandemia, o suporte efetivo no enfrentamento do Novo Coronavírus, a Covid-19. Tanto a estrutura quanto as equipes profissionais têm tornado a unidade referência estadual no atendimento dos casos suspeitos da doença.

 

A abrangência do atendimento efetivo do HU é revelada em números. Além de Montes Claros, o HUCF atende pacientes de toda a região macro Norte, que abrange uma população de 1,6 milhão de pessoas. A localização geográfica de Montes Claros – segundo maior entroncamento rodoviário nacional, faz com que o hospital da Unimontes receba pacientes de outros estados, como o caminhoneiro, que saiu do Ceará com destino a São Paulo.

 

Ao passar pelo Norte de Minas, ele sentiu mal em uma parada em posto de gasolina, às margens da BR-251. Atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu), inicialmente, ele foi encaminhado ao Hospital Municipal de Francisco Sá, a 42 km de Montes Claros. Em seguida, foi transferido ao HU. No dia 3 de maio, ele deu entrada no CTI e precisou ser entubado, onde permaneceu até o dia 2 de junho, quando, após sensível melhora, foi transferido para o semi-intensivo.

 

GRATIDÃO AOS MÉDICOS DO HOSPITAL

 

“Temos muita gratidão a Deus a todos os médicos do HUCF pelo esforço”, afirma a mulher do caminhoneiro, S.M.O.M, após o marido receber alta no dia 10 de junho. Ela viajou do Ceará a Montes Claros para reencontrar o paciente que se curou da Covid-19.

 

O atendimento ao paciente que se curou da Covid-19 foi mais uma demonstração da prestação de serviços à saúde da população pela Unimontes, oferecida por intermédio do HUCF. “A Unimontes é indispensável para a região, pois contribui com a formação de qualidade dos profissionais na área da saúde, com protagonismo na recuperação da saúde dos norte-mineiros e brasileiros que nos procuram”, comenta a superintendente do HU, Priscilla Izabella Fonseca Barros de Menezes.

 

EQUIPE CAPACITADA E CUIDADOS

 

O esforço empreendido na capacitação da equipe de médicos, enfermeiros e demais colaboradores do hospital asseguraram a adoção de todas as medidas de segurança e cuidados recomendados no enfrentamento da Covid-19. “Foi realizado um intenso trabalho de treinamentos e capacitações, nos protocolos escritos pela equipe multidisciplinar, a fim de garantir atendimento seguro e de qualidade a todos”, observa a superintendente Priscila de Menezes, que destaca a dedicação dos profissionais que atuam na linha de frente contra o Novo Coronavírus. “Nossos processos estão bem desenhados, temos infraestrutura adequada e nossos equipamentos são modernos e de excelência. Nossa equipe está engajada, preparada e pronta pra dar o melhor”, assegura a superintendente.

Previous Núcleo do HUCF revela aumento de vítimas de escorpiões e reforça alerta sobre cuidados em tempos de pandemia
Next Banco do Nordeste seleciona 17 projetos de pesquisa e inovação para combate ao novo coronavírus

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.