HUCF implanta projeto piloto “Prontuário de Excelência”


Melhorias nos procedimentos refletem na assistência segura e de qualidade aos usuários do SUS

 

 

O Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), vinculado à Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) apresentou esta semana a implantação do projeto piloto “Prontuário de Excelência”. A iniciativa segue o processo de mudanças na metodologia de trabalho da auditoria do HUCF.

Neste mês, o “projeto piloto” está em execução na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19 e na Enfermaria Covid-19, e conta com a parceria da Auditoria de Prontuários e da Diretoria de Enfermagem do hospital. Posteriormente, será expandido para os demais setores, após a avaliação final de 30 dias de sua implantação.

 

A gerente da UTI Covid-19, Jane Tolentino Barbosa explica que foi necessária uma melhoria na organização logística das pastas, para conscientizar sobre a importância e definição do papel dos atores envolvidos. “Observamos uma melhoria significativa na conferência, tempo de espera e fechamento dos prontuários para faturamento, depois da implantação do projeto e treinamento das equipes multiprofissionais e melhoria dos registros”, destaca.

 

Entre as mudanças observadas, ela destaca a melhoria das “pastas” com a devida formalização nos procedimentos: capa uniforme com nome e leito do paciente, contra-capa com check-list de todos os documentos do prontuário em ordem adequada e aquisição de divisórias coloridas para separação dos impressos.

 

Além de treinamento das equipes, desde as secretárias de posto, técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos e fisioterapeutas sobre a importância legal dos documentos, foi instituída a obrigatoriedade de carimbo e assinatura, com orientação sobre o preenchimento de formulários obrigatórios e a forma ideal de documentação. “Os registros em prontuário são fundamentais para uma assistência segura e de qualidade, pois são a fonte de informação mais importante de todo o processo do cuidar. O paciente é beneficiado quando os registros são completos e organizados e toda a equipe multiprofissional pode desempenhar seu trabalho de modo mais criterioso”, destaca o Diretor de Enfermagem, Tadeu Nunes Ferreira sobre a importância do projeto e da excelência na prestação da assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Para a enfermeira e gerente da Auditoria, Ivanilde Antunes Afonso, a implantação do prontuário de excelência permite uma cobrança melhor e proteção legal para a instituição e equipe assistencial. “O prontuário é o único documento que comprova um atendimento de excelência e também permite a cobrança dos procedimentos realizados nos usuários”, destaca a gerente. A orientação do piloto conta com a participação dos servidores Ivanilde Antunes Afonso (Enfermeira da Auditoria Interna), Luis Gabriel Amorim Oliveira (Estagiário Administrativo da Auditória Interna) e Janice Mendes Stuart Almeida (Médica da Auditoria Interna).

Previous Pequenos negócios de Minas Gerais demonstram mais otimismo em maio
Next Maio e junho registram aumento de casos de ataques de escorpiões no Hospital Universitário

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.