Federaminas lança campanha “Abrace a força de Minas”


ACI pretende engajar a população e motivar empresários a superarem o momento de crise

A Associação Comercial Industrial e de Serviços de Montes Claros, através da Federaminas, deu início à campanha “Abrace a força de Minas”, com o objetivo de mostrar para os empreendedores norte-mineiros a força que eles têm para enfrentar mais este momento de crise. “Estamos reunindo as principais lideranças do empreendedorismo no Estado para uma ação única que, além de levar uma mensagem de positivismo para os empresários é também uma forma da Federaminas apoiar institucionalmente toda a classe empresarial mineira”, ressalta o presidente da entidade, Valmir Rodrigues da Silva.
A campanha se baseia em duas palavras: “força” e “abraço”. Por meio delas se percorre um pouco do que é a trajetória empreendedora mineira e se destacam também as características culturais do nosso povo. Em Montes Claros, a Associação Comercial Industrial e de Serviços de Montes Claros abraçou a campanha. Para o presidente, Leonardo Vasconcelos, “o empresário norte-mineiro é criativo e determinado. A campanha pretende levar uma mensagem de otimismo e tentar aproximar o cliente dos agentes locais, estimulando a economia na cidade”.“A Federaminas protagoniza mais uma importante ação para a retomada progressiva, com responsabilidade, das atividades empresariais. O fato é que a classe empresarial em todos os desafios da comunidade mostra a sua união, a sua crença na capacidade das empresas e pessoas em superar os obstáculos, mesmo aqueles de enorme impacto”, afirma Geraldo Drumond, membro da Diretoria Executiva da Federaminas na gestão 2020/2022 e ex-presidente da ACI de Montes Claros.
Para ele, a Federaminas tem sido incansável em manter as suas associadas informadas, trabalhando a autoestima de todos os atores, além de trazer exemplos e depoimentos importantes de quem está sabendo conviver com este momento. “Foram feitas importantes  pesquisas para ações práticas de minimização das dificuldades em todo o Estado de Minas Gerais. Esta campanha nos deixa mais convictos de que vamos, juntos, atravessar esta grave crise e sair fortalecidos em seu combate e superação. Vamos todos abraçar as nossas Minas Gerais”, frisa.
Abraçar a força empreendedora
Minas Gerais tem 2 milhões de pequenos negócios (destes, 700 mil microempresas e 42 mil pequenas empresas), segundo o Sebrae. Unidas às médias e grandes, elas são a base da atividade econômica e, de forma geral, já sentem os impactos da pandemia com queda de lucro e demissões, por exemplo.
“Como se trata de uma variedade enorme de segmentos empresariais, trabalharemos com um conceito que pode representar todos com o mesmo valor, por isso a palavra “força”! A classe empresarial representa a força produtiva de Minas, a força criativa de Minas. O nosso abraço é uma forma de revigorar essa força. A proposta é que o abraço, do qual o mineiro tanto sente falta neste período de isolamento, seja de muitas formas, entregue a este grupo que precisa neste momento desta sensação de proteção e de afeto”, ressalta Valmir.

Em outra ponta, a campanha quer externar um sentimento de pertença da população com os negócios locais, criando uma rede de cuidado comunitário. A proposta é que a comunidade faça vídeos em locais que frequenta explicando porque aquele negócio é tão importante para ela e expressando o carinho que tem por ele e pelas pessoas que o envolvem. O material será divulgado nas redes sociais da ACI de Montes Claros e da Federaminas. A intenção é que essa corrente viraliz
e nas redes sociais. Quem desejar participar da ação, pode entrar em contato com a ACI, pelo telefone (38) 2101 3300 ou pelo whatsapp (38) 99737-0151.
Atenciosamente,

Nágila Almeida
Previous Covid-19: Hospital da Unimontes recebe de volta respiradores pulmonares recuperados na Academia de Polícia Militar
Next Como o MEI pode obter crédito para o negócio?

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.