Exército decide não punir Pazuello por ir a manifestação com Bolsonaro


O Exército informou que não vai punir o ex-ministro da Saúde e general da ativa, Eduardo Pazuello, pela participação em um ato ao lado do presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro (RJ) em 23.mai.2021. 

De acordo com nota divulgada pela instituição, o comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, analisou e “acolheu” os argumentos que Pazuello apresentou por escrito e defendeu oralmente no processo disciplinar.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

O procedimento administrativo que havia instaurado foi arquivado, conclui o comunicado.

Previous Ministério da Saúde recebe 2,3 milhões de doses da vacina da Pfizer
Next Raízen S.A protocola pedido para registro de IPO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.