Projeto propõe solução para ampliar produtividade da bovinocultura de corte e de leite no Norte de Minas Gerais

Montes Claros (MG), 30 de dezembro de 2019 – Com o projeto “Produção de secadores a radio frequência para a produção de feno de forrageiras alternativas na alimentação animal”, a empresa mineira Alwima Indústria e Comércio foi selecionada no Edital Fundeci 01/2019 – Subvenção Econômica – Subvenção Econômica para Inovação em Empresas da Região Nordeste e do Norte dos Estados do Espírito Santo e Minas Gerais.

A empresa será beneficiada com mais de R$ 194 mil, recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), cujo objetivo é apoiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação com vistas à melhoria da produtividade e competitividade dos setores econômicos da Região.

O projeto da Alwima Indústria e Comércio visa desenvolver um secador de radio frequência piloto a ser utilizado no aumento da oferta de volumoso e do seu estoque estratégico. Prevê também planejar o cultivo adequado de forrageiras, aproveitar resíduos vegetais e utilizar plantas nativas e “invasoras” adaptadas às condições edafoclimáticas no Norte de Minas Gerais, conservando essas plantas na forma de feno para posterior fornecimento aos bovinos de forma a ampliar a produtividade da bovinocultura de corte e de leite.

Para o desenvolvimento da proposta, a Alwima contará com parceria do Instituto de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Minas Gerais (ICA/UFMG).

O Edital Fundeci 01/2019, elaborado em parceria com o Hub de Inovação Banco do Nordeste, disponibilizou R$ 5 milhões para apoio financeiro não reembolsável a projetos de responsabilidade de micro e pequenas empresas (MPEs).

Além desse de Minas Gerais, de 175 projetos inscritos no âmbito deste edital, foram selecionados 4 de Pernambuco, 4 do Ceará, 3 da Paraíba, 2 da Bahia, 2 de Sergipe, 3 do Rio Grande do Norte, 1 do Piauí e 1 de Alagoas. Foi formado, ainda, um banco com cinco projetos classificáveis.