Embaixada da China no Brasil critica países por politização de investigação


A Embaixada da China no Brasil fez um apelo nesta 2ª feira (31.mai.2021) em publicação no Twitter contra o que chamou de “politização” na investigação da origem do vírus da covid-19.

“Instamos um grupo de países, incluindo os EUA, a conter imediatamente a politização e parar de sabotar a cooperação internacional na investigação da origem do vírus devido a uma agenda política oculta”, escreveu.

A publicação foi feita em complemento a uma outra que pedia para que outras nações seguissem o exemplo chinês e convidassem “especialistas da OMS em estudos similares para abordar as preocupações internacionais”.

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, falou em 6 de maio de 2021 sobre uma referência oblíqua ao país feita pelo presidente Jair Bolsonaro em um evento no Palácio do Planalto.

À época, o chefe do Executivo perguntou retoricamente ao público da cerimônia se a pandemia de covid-19 não poderia ser “uma nova guerra”.

“Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês”, afirmou Bolsonaro.

Horas depois, o presidente afirmou que o Brasil é “muito importante” para a China e negou ter citado o país asiático quando falou sobre a origem do novo coronavírus.

Em resposta, Wenbin disse que o “vírus é o inimigo comum da humanidade. A tarefa urgente agora é que todos os países se unam na cooperação antiepidêmica e se esforcem por uma vitória rápida e completa sobre a epidemia. Opomo-nos firmemente a qualquer tentativa de politizar e estigmatizar o vírus”. 

Previous JBS sofre ataque cibernético e paralisa operações nos EUA e na Austrália
Next Volkswagen suspende operações em duas fábricas no Brasil por falta de insumos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.