Em visita de cortesia, deputado estadual Zé Reis formaliza apoio para ações da Unimontes em Januária


Entre os projetos que podem receber suporte está o auxílio da Universidade em prática que associa extensão e reciclagem

 

A Universidade Estadual de Montes Claros terá um apoio específico para ampliar a sua atuação junto à comunidade do município de Januária e região. O trabalho contará com reuniões estratégicas com lideranças locais para o alinhamento de demandas e a mobilização da classe política para viabilizar novos investimentos em infraestrutura, ensino, pesquisa e extensão. A pauta foi tratada na visita de cortesia do deputado estadual José Reis à Reitoria da Unimontes, no início da tarde dessa segunda-feira (31/5).

No encontro com o reitor Antonio Alvimar Souza e vice-reitora Ilva Ruas de Abreu, o deputado reforçou que o mandato está à disposição para atender às demandas do campus de Januária, uma das primeiras unidades fora da sede implantadas pela Unimontes no Norte de Minas.

 

“Vamos ampliar o diálogo da Unimontes com a comunidade para identificar novas possibilidades de parceria e, se for necessário, podemos reforçar a articulação com o Governo do Estado para melhorar ainda mais as condições do trabalho que a Universidade oferece para nossa comunidade”, disse Zé Reis. Ele esteve acompanhado pela assessora do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Ambiental Sustentável do Norte de Minas (Codanorte), Suelen Ferreira.

 

O professor Antonio Alvimar fez um agradecimento pela oficialização do apoio. Lembrou que, em sintonia com o assunto, o Plano de Desenvolvimento Institucional da Unimontes (PDI) que está em andamento prioriza as ações, estrutura organizacional e as atividades acadêmicas em todo contexto da Universidade, o que inclui cada campus avançado instalado no Norte e Noroeste do Estado e no Vale do Jequitinhonha.

 

CONSOLIDAÇÃO

 

“Toda ajuda é bem-vinda para reforçar o reconhecimento da Universidade, especialmente em Januária, onde a Unimontes possui sede própria, um histórico de cursos e de projetos e trabalha para a consolidação da educação superior como determinante para a melhoria da qualidade de vida”, pontuou o reitor.

Uma das ações já apoiadas pela Unimontes na área de extensão comunitária, o projeto de reciclagem “Amor e Vida”, da ONG de mesmo nome em Montes Claros, poderá ser estendido para Januária. A iniciativa dá suporte às famílias que vivem da renda como catadores de materiais recicláveis.

 

O reitor formalizou um pedido ao deputado para intermediar um encontro com os representantes do município para que a ONG, coordenada pelo pastor Josmar Silva, possa ter um espaço físico e iniciar as atividades em Januária. Assim como em Montes Claros, os beneficiados serão selecionados por critérios sociais dos organismos municipais, com a possibilidade de repasse de donativos como alimentos e roupas e assistência em áreas como saúde, lazer, educação, Direito e cidadania, a partir do projeto voluntário “Unimontes Solidária”.

 

Além da prefeitura de Januária, as tratativas já contam com o apoio do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e devem contar com o suporte da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e do Codanorte, que trabalha justamente na destinação de forma correta dos resíduos sólidos e no incentivo à reciclagem.

Previous Minas Gerais teve o segundo melhor saldo de emprego no acumulado de 2021
Next EVENTO ONLINE DEBATE INICIATIVAS DE FORTALECIMENTO DO SUS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.