CRO-MG doa aparelho a laser para projeto de extensão da Unimontes no tratamento de lesões bucais


 

Equipamento melhora o quadro clínico de dor em pacientes com sensibilidade dentária e encurta em mais de 50% o tempo de recuperação de tecidos e em inflamações

 

A Universidade Estadual de Montes Claros e o Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais (CRO-MG) acabam de formalizar mais uma parceria, com a entrega de um aparelho de laser de baixa intensidade para as atividades do curso de Odontologia que associam ensino, pesquisa, extensão e serviços para a comunidade.

 

O equipamento orçado em R$4 mil foi entregue na última semana, pelo presidente estadual do CRO-MG, Raphael Castro Mota, para o projeto de extensão “Prevenção e Tratamento de Lesões Cervicais Não Cariocas e Hipersensibilidade Dentinária”, coordenado pelo professor Danilo Cangussu Mendes.

A iniciativa foi recentemente premiada com o 1º lugar na categoria “Eixo integração ensino-serviço”, durante o 1º Encontro Mineiro de Administradores e Profissionais dos Serviços Odontológicos, evento realizado em 2020 pela Câmara Técnica de Saúde Coletiva do CRO-MG.

 

BENEFÍCIOS DIRETOS

 

O tratamento a laser oferecido pela parceria do Conselho com a Unimontes passa a ser um diferencial para a demanda atendida nas clínicas odontológicas do campus-sede. “Os tratamentos atuais são efetivos, mas quando associados ao laser, há uma melhora ou resolução mais rápida dos processos inflamatórios, na reparação tecidual e no controle da dor”, explica o professor Danilo Mendes.

 

Como exemplo, para as lesões em tecidos moles, como herpes ou afta, o tempo de tratamento com a utilização do laser é reduzido entre dois a três dias. Sem o uso do laser, o tempo médio de recuperação é de uma semana.

 

Dentre as áreas que podem ser atendidas pelo equipamento estão Dentística, Cirurgia, Endodontia, Estomatologia e Disfunção Têmporo-Mandibular. “Ou seja, a laserterapia é um excelente meio complementar de tratamento, que promove mais conforto, rapidez e efetividade em diversas terapêuticas”, acrescenta o coordenador do projeto.

 

CAPACITAÇÃO – Para a utilização mais ampla do aparelho, com efetividade e segurança, os docentes que utilizam as clínicas odontológicas serão capacitados para utilização do equipamento. Os acadêmicos a partir do 4º período do curso de Odontologia também participam no atendimento das clínicas e terão acesso ao equipamento, sob orientação dos professores.

 

“O CRO-MG acredita muito no investimento em pesquisas para o progresso científico. Esperamos que o laser contribua para a prática dos alunos da Unimontes no projeto e que, consequentemente, mais pessoas possam ser beneficiadas com atendimento de alta qualidade”, opinou o presidente do CRO-MG, Raphael Castro Mota.

Previous Estudo do Sebrae mostra atividades do MEI que mais cresceram e as que estão à beira da extinção
Next HU FONE: “Segundos salvam vidas, higienize suas mãos”

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.