Caminhoneiros pedem prorrogação de programa de linha de crédito


A Abrava (Associação dos Condutores de Veículos Automotores) solicitou nesta 3ª feira (1.jun.2021) ao Ministério da Economia a extensão do programa de financiamento Crédito Caminhoneiro do BNDES. A linha acaba em 8 de junho.

O documento (íntegra) assinado pelo presidente da associação, Wallace Landim, conhecido como Chorão, relata insatisfação da categoria com a linha de crédito.

Criada em 2019, ofereceu R$ 500 milhões para a manutenção de veículos e compra de pneus. O jornal O Estado de São Paulo mostrou, no entanto, que o banco só liberou R$ 6 milhões no período (ou seja, 1,2% do total).

“Vamos cobrar. O que ofereceram para nós, vão ter que cumprir”, afirmou o líder da categoria ao Poder360.

Segundo Chorão, atualmente há uma boa interlocução  dos caminhoneiros por meio do ministro Tarcísio de Freitas (Infraestrutura).

Recentemente, o governo federal lançou o plano Gigantes do Asfalto, com várias benesses para a categoria.

Agora, o caminhoneiro espera uma resposta do Ministério da Economia para saber se a linha do BNDES pode ser prorrogada e dar ao motorista autônomo mais uma forma de melhorar a condição de trabalho.

O Poder360 procurou o BNDES para saber se a linha será renovada, mas não obteve resposta até a publicação da reportagem.

Previous Crítico do Fies, Guedes defende voucher para jovens universitários
Next Poder360 integra 4ª fase do Projeto Comprova, agora com 33 veículos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.