ADENOR abre agenda de trabalho com foco em nível regional

Agência de Desenvolvimento reúne lideranças para planejamento estratégico

 

A Agência de Desenvolvimento Sustentável do Norte de Minas – ADENOR chega aos dez anos de fundação com diversas iniciativas importantes para o desenvolvimento regional. As ações vão desde projetos de formação de líderes na região, mapeamento de potencialidades e gargalos, até seminários estruturantes de energia para o futuro da economia no Norte de Minas. Nessa terça-feira, 04 de fevereiro, dirigentes da ADENOR e representantes de entidades parceiras estiveram juntos para rever o planejamento estratégico até 2030.

 

Alexandre Pires Ramos, presidente da ADENOR, lembrou que a “agência completou 10 anos de existência em 2019, sempre trabalhando pelo desenvolvimento integrado do Norte de Minas”. Ele anunciou alguns projetos que estão na agenda de trabalho da entidade, como “logística de rodovias e ferrovias, com a participação de parlamentares do Nordeste, ensino profissionalizante, implantação do centro de estudos e planejamento em energias renováveis e, sobretudo, a capacitação dos dirigentes das entidades para um trabalho de cooperação entre as microrregiões”.

A dinâmica do encontro de lideranças aconteceu no modelo de World Café, conduzida pelo primeiro presidente da ADENOR, o consultor Geraldo Drumond.  “Destacamos os desafios que a Agência  superou nesta década e trabalhamos os objetivos para a próxima década, em 2030. O evento foi bastante significativo e mostra o comprometimento das lideranças presentes, responsáveis por capacitar a ADENOR como instrumento catalizador do desenvolvimento do Norte de Minas”.

Caráter regional

O Norte de Minas tem população de cerca de 1,8 milhões de habitantes, 89 municípios, divididos em sete microrregiões: Bocaiúva, Grão Mogol, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora e Salinas. O caráter regional da Agência é fundamental para o sucesso de sua missão, que é contribuir para a aceleração do desenvolvimento econômico sustentável do Norte de Minas. Daí ser fundamental a participação de representantes, como na reunião dessa terça, de Taiobeiras, Pirapora, Bocaiuva, Janaúba, Porteirinha, a fim de contribuírem para o planejamento estratégico da ADENOR.

Cerca de 30 pessoas participaram do encontro, representando as microrregiões de Montes Claros, Bocaiúva, Janaúba, Salinas, Taiobeiras e Pirapora. Esta foi a estreia da diretoria eleita em janeiro, sendo composta por Alexandre Ramos, como presidente; Diretor de Articulação Institucional: Pávilo Miranda; Diretor de Planejamento e Gestão: Carlos Genuíno Figueiredo; Diretor de Projetos: Marcin Hasznos; Diretor Jurídico: Dinilton Pereira da Costa; Diretor de Desenvolvimento Regional: Patrícia Aparecida Guimarães Mendes.

Vinícius Henrique Siqueira Oliveira é Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Bocaiuva, e salienta o compromisso da ADENOR com o Norte de Minas ao convidar as cidades polo para o PE. “Fiquei satisfeito por poder apresentar o projeto Dolabela Caminho das Oportunidades e que através deste projeto e o planejamento estratégico da ADENOR o Norte de Minas se torne o nosso caminho das oportunidades”. O presidente da Adeseg de Janaúba, Rodrigo Miranda completa que “este é um começo para unirmos nossas forças em prol das potencialidades do Norte Minas”.

Esta foi uma ótima oportunidade de debater o desenvolvimento regional do Norte de Minas de forma integrada com participação da Microrregião do Alto Rio Pardo. “O planejamento das ações norteia o setor público e o privado, apontam as potencialidades para novos investimentos, oportuniza novos negócios, gera emprego e renda. Este é o caminho: planejamento, organização, articulação e vontade para fazer acontecer”, conclui Jaime Wilson Lopes, Presidente da Agência de Desenvolvimento de Taiobeiras.

Legenda: Os participantes analisaram o planejamento estratégico da ADENOR nesses dez anos e o reformulou para os próximos anos