Abrasel Norte orienta donos de bares e funcionários de Montes Claros


Texto e fotos: Ascom/Abrasel Norte

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) regional Norte de Minas e o mestre, doutor em microbiologia e pós-doutor em Biodiversidade Elio Gomes Fernandes, realizam uma capacitação inédita em Montes Claros na manhã da próxima segunda-feira (10/08), voltada para donos de bares e funcionários sobre os protocolos de segurança e sanitização/desinfecção correta dos bares frente à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

 

O curso será realizado para os 110 bares filiados a ABRASEL, porém como forma de prevenção, ele foi dividido em etapas em que serão orientados quatro bares por vez, evitando assim aglomerações.

O PHD em microbiologia irá, em aulas práticas, demonstrar aos donos de bares e funcionários, todos os protocolos de segurança, como higienizar corretamente o ambiente antes, durante e após a chegada e saída de cada cliente. Os protocolos de sanitização diários corretos, entre outras técnicas.

“Essa ação vem de encontro com a flexibilização dos bares, restaurante e similares, em um momento em que o setor passa por grandes dificuldades. Bares e restaurantes perdem R$ 600 milhões de reais por mês com o fechamento. O curso é uma oportunidade para aprendermos mais sobre os protocolos de segurança recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelos decretos municipais, respeitando distanciamento das mesas, uso obrigatório de máscaras e higienização correta das mãos, utensílios e do ambiente ao nosso redor”, disse Rodrigo de Paula, porta-voz da ABRASEL na região.

Sobre a ampliação do horário de atendimento ao público de forma segura, o porta voz explicou “é uma bandeira que defendemos, pois já são quatro meses amargando perdas com muitos colegas fechando as portas. Muitas pessoas dependem deste setor para manter suas famílias”, disse Rodrigo de Paula.

 

(*) ABRASEL

A ABRASEL é uma associação de restaurantes, bares e empresas de entretenimento do Brasil criada em 1986. A entidade atua na organização de padrões de atendimento e desenvolvimento da atividade realizada em bares e restaurantes e na promoção do código de ética por ela desenvolvida.

Com bares e restaurantes presentes nos 5.570 municípios brasileiros, o setor congrega um milhão de negócios e gera seis milhões de empregos diretos em todo o Brasil, representando atualmente 2,7% do PIB nacional. Somado a isso, o hábito de comer fora de casa é crescente no País e, no último levantamento feito pelo IBGE, correspondia a 32,8% de todo gasto dos brasileiros com alimentos (POF IBGE 2017-2018).

(*) Com informações do site: https://abrasel.com.br/

Previous ENSINO E PESQUISA: COLABORADORES DA SANTA CASA DE MONTES CLAROS UTILIZAM UTI’S DO HOSPITAL COMO FONTE DE PESQUISA PARA TÍTULO DE ESPECIALIZAÇÃO PELA FIOCRUZ E ANVISA
Next Covid-19: HUCF ganha reforço no combate à pandemia

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.