SUPERINTENDENTE DA SANTA CASA MONTES CLAROS É ELEITO COMO UM DOS 100 MAIS INFLUENTES DA SAÚDE DA DÉCADA


 
 
É a segunda vez que Maurício Sérgio é reconhecido nacionalmente por sua atuação na gestão hospitalar
Por Ana Paula Paixão


O Superintendente da Santa Casa Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva, foi anunciado na manhã de hoje 13 como um dos 100 Mais Influentes da Saúde da Década. O anúncio foi feito pelo presidente do Grupo Mídia, Edmilson Jr. Caparelli, durante live realizada através da Revista Healthcare Management, referência há mais de 10 anos em publicações sobre tendências, líderes e práticas no setor da saúde.

 

Em 2019, o gestor do hospital foi eleito, pela primeira vez, como um dos 100 Gestores de Saúde mais Influentes. Para ele, ” ser eleito entre os 100 Mais Influentes da Década é uma grande honra! Liderar um time de mais de dois mil colaboradores e mais de quinhentos médicos não é tarefa simples, nem fácil, mas é muito prazeroso e honroso – principalmente quando você possui um time de extrema competência, altamente dedicado, empenhado e muito qualificado. Entendo que esta premiação nos mostra que estamos no rumo certo. Então, a responsabilidade é gigantesca por conta da dimensão da Instituição e da abrangência da Santa Casa Montes Claros. Portanto, esse reconhecimento nos traz um combustível, nos motiva cada vez mais a lutar e a continuar no caminho por uma saúde melhor e mais humanizada”, comemorou.
Durante a transmissão, Maurício Sérgio falou sobre sua trajetória de vida e os desafios de liderança na saúde, destacando a situação de pandemia. “Na última década, o país passou por muitas mudanças e muitas dificuldades em virtude da escassez de recursos. Neste sentido, nosso principal desafio foi manter o hospital funcionando plenamente, sem faltar insumos, mantendo folhas de pagamento em dia, entre outras situações. Mas, nesses últimos meses tivemos uma dificuldade ainda maior: a pandemia”, disse o superintendente.
Ele explicou que, com o apoio de todo o time, “foi preciso usar a criatividade, fazer uma gestão exemplar, com muito profissionalismo, com muita responsabilidade. Mas, graças a Deus, a Santa Casa de Montes Claros superou todos os desafios e se mantém funcionando em sua plenitude, atendendo a todos, sendo a principal referência para todo esse norte do Estado e uma das principais referências em Minas Gerais e no Brasil”, ressaltou.
Outro assunto abordado durante o bate-papo foi o compartilhamento dos processos e fluxos adotados na Santa Casa com outros gestores hospitalares da região. “Buscamos sempre oferecer as melhores práticas da medicina, a melhor tecnologia, qualificar constantemente nossos profissionais e levar um atendimento cada vez mais humanizado aos nossos pacientes. Dessa forma, compartilhamos nosso conhecimento com outras unidades de saúde no intuito de transformar a realidade da saúde do norte de Minas”, afirmou.
Como exemplo, o superintendente citou parcerias que tem desenvolvido na área da oncologia com cidades circunvizinhas. “Através dessa iniciativa, tivemos a oportunidade de trocar experiências, a fim de melhorar a rede como um todo, contribuindo para que os pacientes oncológicos sejam atendidos em suas cidades de origem, assim descentralizamos o Serviço de Oncologia do hospital”, falou. Nesta proposta inicial estão os municípios de Januária, Taiobeiras e Porteirinha.
 
________
 

Sobre Maurício Sérgio Sousa e Silva: 

Graduado em Direito pelas Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros, atual UNIFIPMOC. Pós-graduado em Direito Econômico Empresarial pela Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES. MBA em Gestão da Saúde pelo Centro Universitário São Camilo – SP. Além de superintendente da Santa Casa de Montes Claros atua como Secretário Geral da Associação Comercial Industrial e de Serviços de Montes Claros – ACI; Presidente do Conselho Fiscal do Conselho de Segurança Pública de Montes Claros – CONSEP; Membro Conselheiro do Asilo Sagrado Coração de Jesus e Coordenador da Regional Norte da Federassantas.
Previous Graduação e comunidade: TCCs que geram mudanças sociais e quebram preconceitos
Next Cachaça clandestina apreendida pela Receita Federal se transforma em álcool em gel

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.