A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e a Prefeitura de Montes Claros assinaram um convênio para assegurar o desenvolvimento de atividades nas escolas da rede municipal no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). O convênio foi assinado pelo pró-reitor de Ensino, professor João Felício Rodrigues Neto; e pelo secretário municipal de Educação, Benedito Said.

Conforme a professora Silvana Diamantino França, o PIBID contempla todas as escolas municipais de educação infantil e do ensino fundamental. Atuam no programa professores e acadêmicos dos cursos de Licenciatura Plena da universidade ministrados no campus-sede e nos demais campi: Artes, Ciências Biológicas, Educação Física, Filosofia, Geografia, História, Letras/Espanhol, Letras/Inglês, Letras/Português, Pedagogia e Química.

O PIBID é o maior programa de formação docente do Ministério da Educação (MEC), desenvolvido por meio da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). As atividades práticas nas escolas deverão ser iniciadas em agosto próximo.

A proposta da iniciativa é incentivar a formação de professores, “contribuindo para a elevação da qualidade da escola pública e proporcionar ao estudante o aprendizado de competências próprias da atividade profissional e a contextualização curricular, com contribuições para a vida cidadã e para o trabalho”.

O secretário municipal de Educação, Benedito Said, destaca a relevância do PIBID para a formação docente e para a melhoria da qualidade da educação básica. “Por meio desse programa, os alunos dos cursos de Licenciatura têm a vivência da realidade educacional. Essa experiência possibilita que os universitários possam melhorar a sua formação e, assim, contribuir também com a melhoria da educação”, destaca o secretário.

A professora Silvana Diamantino informa que os alunos dos cursos de Licenciatura selecionados para o PIBID serão beneficiados com bolsa de iniciação a docência, no valor de R$ 400,00 por mês, paga com recursos da Capes/MEC. Os professores da educação básica inseridos no programa vão receber bolsa no valor de R$ 765,00 enquanto os professores da universidade – coordenadores institucionais – terão direito a bolsa no valor de R$ 1.400,00 mensais.

 

PROGRAMA RESIDENCIA PEDAGÓGICA

A coordenadora institucional pela Unimontes informa, ainda, que o convênio firmado com a Prefeitura deverá permitir que os alunos das Licenciaturas da Unimontes também possam desenvolver atividades nas escolas de educação infantil e do ensino fundamental no âmbito do Programa de Residência Pedagógica.

Implementado pelo Ministério da Educação, por intermédio da Capes, o Programa Residência Pedagógica tem como objetivo “aperfeiçoar a formação dos discentes de cursos de Licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que fortaleçam o campo da prática e conduzem o licenciando a exercitar de forma ativa a relação entre teoria e prática profissional docente”.

A Unimontes encaminhará proposta em chamada pública do Residência Pedagógica. A professora Silvana Diamantino França enfatiza que o objetivo é que sejam contemplados todos as Licenciaturas da instituição já inseridos no PIBID. Em atendimento à chamada pública, a Universidade encaminhará proposta à Capes/MEC até 16 de abril.