Apresentar proposta de ação conjunta entre a Universidade Estadual de Montes Claros, Instituto Mineiro de Estudo e Pesquisa de Juventude, União dos Estudantes de Minas Gerais (UEE) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE/ Unimontes). A ideia é viabilizar a realização de uma das etapas da Caravana de Arte e Cultura “Minas São Muitas”, no campus-sede da Universidade. A etapa final acontecerá na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet, e a finalidade é visitar as principais Universidades mineiras para discutir cultura universitária e as novas formas de comunicação da juventude, bem como fomentar os grupos culturais da comunidade acadêmica.

A apresentação da proposta foi levada para o reitor em exercício da Unimontes, professor Antonio Alvimar Souza, que esteve acompanhado da pró-reitora de Extensão, professora Jussara Maria Carvalho Guimarães e do vereador da Câmara Municipal de Montes Claros, Daniel Dias. A visita contou com a presença da Presidente da União Estadual dos Estudantes de Minas Gerais (UEE), a acadêmica Luanna Ramalho, a representante do Instituto Mineiro de Estudo e Pesquisa de Juventude, Laís Moreira, e a Presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE/Unimontes), a acadêmica Maria Luisa.

“Vamos instituir uma comissão e alinhar os trabalhos com os representantes da UEE. A previsão é que até o mês de agosto, o evento já esteja formatado”, informou a acadêmica Maria Luísa.

“A posição da Unimontes é de total acolhida à proposta, uma vez que trata-se de uma iniciativa positiva para a nossa comunidade. A Unimontes está de portas abertas para receber a Caravana, que também incentiva diversidade cultura regional”, adiantou o reitor em exercício, professor Antonio Alvimar Souza.

A Caravana não tem data definida, “mas teremos uma programação bem diversificada, com oficinas e exposição de obras de arte, fotografia, grafite entre outras. Tudo isso em um dia. Esperamos que todos participem”, convida a presidente da UEE, Luanna Ramalho.

 

LEI ROUANET

A Lei Rouanet 8.313/91 é considerada principal mecanismo de fomento à Cultura do Brasil. Ela institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac). O nome Rouanet remete a seu criador, o então secretário Nacional de Cultura, o diplomata Sérgio Paulo Rouanet. A lei estabelece normativas de como o Governo Federal disponibiliza recursos para a realização de projetos artístico-culturais.