Transparência, lisura, agilidade, economia, e atendimento aos municípios do Norte de Minas através das licitações, realizadas pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene (CIMAMS), tem chamado a atenção dos municípios de outras regiões do Estado. Nessa segunda-feira 18/06, a equipe técnica do consórcio, liderada pelo seu presidente, Edmárcio Moura Leal, prefeito de Matias Cardoso, atendendo convite feito pelo prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque, e o promotor de Justiça, Paulo Márcio, esteve naquele município, apresentando as propostas de trabalho e a carta de serviços já licitados.

A reunião aconteceu no Teatro Santa Isabel, e contou com as presenças de secretários, prefeitos, e assessores jurídicos dos municípios de: Diamantina, Couto de Magalhães de Minas, São Gonçalo do Rio Preto, Carbonita, Felício dos Santos, Presidente Kubistcheck, Aricanduva, Datas, Serro, e Leme do Prado.

Em sua fala de abertura, o prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, elogiou o trabalho que o CIMAMS vem realizado junto a administração pública do Norte de Minas, e por isso decidiu compartilhar com os municípios da microrregião do Vale do Jequitinhonha esta experiência vitoriosa e que tem ajudado, principalmente os pequenos municípios.

Agilidade no atendimento aos municípios, com uma variedade de serviços já licitados e que vão ao encontro dos anseio dos gestores públicos. Este foi o tom dado pelo presidente do CIMAMS, Edmárcio Moura Leal, em sua fala, que destacou ainda, que as adesões as atas dos produtos licitados, tem proporcionado economia aos cofres públicos e maior segurança, pois todo procedimento é fiscalizado pelo Ministério Público.

O Promotor de Justiça da Comarca de Diamantina, Paulo Márcio, elogiou a atuação e a lisura do CIMAMS, em suas licitações e atendimentos, principalmente junto aos pequenos municípios. “A tarefa de comprar é uma tarefa de comprar é um grande desafio para os municípios, principalmente para os menores. Se vai comprar pouco, o preço é maior, além de todo processo de licitação que precisa ser realizado. Quando esta compra é feita em conjunto, além de menor preço, há a maior segurança no processo”, declarou.

O secretário executivo do CIMAMS, Professor Luiz Lôbo, em sua apresentação sobre a criação e como o Consórcio tem atuado junto aos 80 municípios da sua área de abrangência, informou ainda que eles têm à disposição 24 produtos já licitados. “O objetivo do Consórcio é ajudar na melhoria e eficiência dos municípios, com celeridade nos processos licitatórios, graças a experiência conseguida pela nossa equipe técnica”, concluiu.

Arthur Júnior
ASCOM/CIMAMS
Norte de Minas, 19 de junho de 201