Recém empossado presidente da Associação Psiquiátrica da América Latina – APAL , o Dr. Antônio Geraldo da Silva recebe no dia 21 de dezembro o título de Cidadão Honorário de Montes Claros. A cerimônia, que celebrará a resolução do vereador Wilton Dias, 1º Secretário da Câmara de Vereadores da cidade, será realizada a partir das 19h30, na Câmara Municipal de Montes Claros (Rua Urbino Viana, 600 – Vila Guilhermina).

Natural de Grão Mogol, Dr. Antônio se formou em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES) e se radicou em Brasília. Ele é o primeiro psiquiatra brasileiro a comandar a APAL desde 1985. Dentre suas metas para os próximos dois anos, o dirigente ressalta a importância de difundir as iniciativas sociais da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP a todo o continente, levando as campanhas desenvolvidas no Brasil em defesa da psiquiatria e contra o estigma para todo o continente latino-americano. “Veremos ecoar por toda a América Latina as campanhas “Sociedade Contra o Preconceito”, “Psicofobia: o seu preconceito causa sofrimento”, “Craque que é craque não usa Crack” e Setembro Amarelo”, ressalta.

O grande objetivo do novo presidente da APAL é unir cada vez mais a psiquiatria da América Latina. “É de fundamental importância que estejamos juntos, que troquemos nossas experiências e que trabalhemos juntos por uma psiquiatria forte, qualificada e justa. “Estar à frente de associações tão importantes é uma responsabilidade enorme. É fundamental honrar suas histórias e aqueles que as construíram, mas sempre pensando no futuro, no crescimento e fortalecimento das associações, na valorização de sua importância e credibilidade na sociedade”.