Alta tecnologia e aprimoramento dos profissionais de saúde têm papel fundamental no tratamento eficaz de doenças.
Os métodos de diagnóstico por imagem estão em constante renovação e incorporação de novas tecnologias, tudo em favor da saúde e do bem-estar da população. Quanto mais precoce o diagnóstico, maiores as chances de cura dos pacientes, daí a importância do setor de imagem para exames complementares, detecção e prevenção de doenças. Pensando nisso, o Grupo Ressonar e as Ligas de Radiologia e de Oncologia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) promovem o I Simpósio de Radiologia e Diagnóstico por Imagem do Norte de Minas, nos dias 24 e 25 de novembro, no Espaço OAB Eventos.
Médicos e acadêmicos terão a abordagem de exames de imagem nas diversas especialidades médicas, além da apresentação de trabalhos científicos. O médico radiologista, Dr Augusto Gonçalves Filho destaca que “o Grupo Ressonar se preocupa com a atualização cientifica à medida que ela otimiza o uso de todos os exames para o diagnóstico precoce, rápido, eficiente”.
O evento deve reunir aproximadamente 250 pessoas, num ambiente de aprendizado e debate para construção do conhecimento e sensibilização, trazendo informações novas e provocações pertinentes à saúde. Ainda, haverá a troca de experiências e reflexões críticas da abordagem dos exames de imagem e sua evolução.
Tecnologia e conhecimento
As imagens são cada vez mais nítidas e eficazes no diagnóstico precoce de doenças e no melhor direcionamento de tratamentos. “Na cardiologia, as imagens anatômicas e funcionais aplicadas de forma correta evitam procedimentos invasivos desnecessários e dão suporte a uma melhor conduta médica”, conta Dra. Isabela Silvério, médica nuclear. O nível de segurança aumenta e influencia nos tratamentos  de saúde oferecidos à população.
Dra Simone Sá, médica radiologista, diz que “antes de iniciar um tratamento, por exemplo, o médico precisa saber qual o caminho mais seguro a seguir e saber exatamente os órgãos prejudicados. Com os exames de imagem é possível avaliar a região onde está a doença bem como a sua extensão, auxiliando na decisão de qual será a melhor forma para conduzir o tratamento.”
O avanço da tecnologia oferece exames cada vez mais sofisticados e precisos, tornando tomografias, ultrassonografias, ressonâncias magnéticas e exames da Medicina Nuclear como cintilografias e PET/CT, mais importantes nos diversos setores da Medicina.
“Inclusive alguns exames passaram a ser utilizados também para guiar procedimentos intervencionistas destinados tanto ao diagnóstico quanto ao tratamento das mais diversas patologias. As biópsias estão entre os procedimentos em que a imagem intervencionista é amplamente utilizada”, conclui Dr Augusto Gonçalves Filho.
Montes Claros possui três escolas de medicina e diversas clínicas de diagnóstico por imagem. A realização de simpósios, congressos e encontros são momentos de reunião entre a classe médica e os acadêmicos, no fomento de mais conhecimento. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas com integrantes das Ligas Acadêmicas nas faculdades e também através do site www.gruporessonar.com.br/simposio ou no local do evento, nos dias 24 e 25, sendo R$ 70,00 para acadêmicos e R$ 130,00, para profissionais.
Serviço:
I Simpósio de Radiologia e Diagnóstico por Imagem do Norte de Minas
Data: Dia 24, abertura às 18h – Dia 25, às 8h
Local: Espaço OAB Eventos
Inscrições: www.gruporessonar.com.br/simposio e no local
Valor: R$ 70,00 para acadêmicos e R$ 130,00, para profissionais