Texto: Ana Paula Paixão

Fotos: Ascom Santa Casa / 7ºBBM

A ocorrência de princípio de incêndio, incêndio ou outro tipo de emergência em um estabelecimento assistencial de saúde, coloca em risco a saúde de todos os seus ocupantes, em especial dos pacientes que se encontram fragilizados, tendo em vista as possíveis dificuldades de locomoção. Em virtude dessa preocupação, em parceria com o Corpo de Bombeiros (7ºBBM/4ºCOB), SAMU e MCTrans, a Santa Casa de Montes Claros realizou na manhã de hoje (14/11), o primeiro Simulado de Evacuação de Área do hospital. A iniciativa faz parte da “Operação Rota de Emergência” – ação realizada em todo o Estado de Minas Gerais durante o mês de novembro pelo Corpo de Bombeiros.
Durante a simulação, que teve como objetivo testar o plano de intervenção de incêndio do hospital, foi simulado um princípio de incêndio na Enfermaria SUS. A ação contou com a participação de sete colaboradores/brigadistas, 15 socorristas (técnicos de enfermagem e enfermeiros do hospital), 13 militares do Corpo de Bombeiros e 18 profissionais do SAMU (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas); além de 19 colaboradores que simularam as vítimas.
De acordo com a Engenheira de Segurança do Trabalho da Santa Casa Montes Claros, Amanda Xavier, o simulado vai de encontro com as ações do hospital, que vem desenvolvendo atividades dessa natureza desde o início de fevereiro. “Nos sentimos honrados em receber o convite do Corpo de Bombeiros e SAMU para participar da ação. Iniciamos em fevereiro o Treinamento Institucional de Prevenção e Combate a Incêndio, aliando adequações estruturais e preparando a Brigada de Incêndio do hospital, que teve início em outubro.
O superintendente Maurício Sérgio Sousa e Silva, informou que até fevereiro do próximo ano serão capacitados, em parceria com o Corpo de Bombeiros, cerca de 400 colaboradores da Santa Casa como brigadistas. Até o momento, 126 colaboradores foram capacitados em cinco turmas. “Iniciamos o treinamento em outubro. Com isso, nosso objetivo é elevar a segurança no ambiente de trabalho, bem como na qualidade do atendimento aos pacientes; além da capacitação das equipes para o enfrentamento adequado de situações de emergência”. Maurício Sérgio acrescenta que “por meio do simulado, as equipes de brigadistas, Corpo de Bombeiros e SAMU; atuaram na ação de forma coordenada, monitorando se a área foi totalmente evacuada”.
Ao todo, 65 colaboradores da Santa Casa de Montes Claros foram envolvidos no simulado.