Equipe espera torcida para lotar ginásio e sair com duas vitórias nestes confrontos

 

Fotos e texto: Ascom/MOC VÔLEI

O MONTES CLAROS VÔLEI voltou aos treinos nesta segunda-feira (11/09), já pensando nos dois próximos jogos em casa, contra o Juiz de Fora Vôlei (JFV) pelo Campeonato Mineiro Adulto Masculino 2017, nesta quarta-feira (13) e sexta-feira (15), sempre às 20h.

A equipe comandada pelo técnico Chico dos Santos, voltou aos trabalhos depois de merecido descanso do feriado prolongado de 7 de setembro e volta as atividades do treino coletivo com reforço na recepção, saque e bloqueio. Além de reforço na parte física na academia.

MONTES CLAROS VÔLEI e Juiz de Fora Vôlei já se enfrentaram duas vezes pelo Desafio do Interior. Os jogos serviram como preparatórios para o Campeonato Mineiro e aconteceram no Ginásio do Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora.

O Pequi Atômico venceu as duas partidas por 3 sets a dois, sempre no tie-break mostrando o equilíbrio entre as duas equipes. No primeiro jogo amistoso, as parciais foram: 26 x 24, 25 x 21, 20 x 25, 18 x 25 e 15 x 09 para o MONTES CLAROS VÔLEI.

O segundo jogo também foi bastante disputado e terminou com nova vitória do time norte-mineiro com parciais de 17 x 25, 25 x 22, 31x 29, 26 x 24 e 05x 15.

“Sabemos que não serão jogos fáceis. Mas estamos focados e treinando forte para essas duas importantes partidas. O nosso objetivo é contar com a torcida par que lote o ‘Caldeirão’ e que saiamos com seis pontos dos dois confrontos”, destacou o técnico.

Depois destes dois jogos, o MOC VÔLEI fechará a fase de classificação jogando contra o Minas Tênis Clube, com os dois jogos acontecendo na casa do Pequi Atômico. No dia 19/09, o duelo será às 20h e no dia 21/09, a partida entre o Minas Tênis Clube e o MONTES CLAROS VÔLEI também às 20h.

 

Patrocínio e Apoio

O projeto MONTES CLAROS VÔLEI conta com patrocínio da Cemig, Tambasa, Vilma, Master, Somai, Dubai Suítes, Solares, Unimed, TMOVE, e com o incentivo através do Minas Esportiva Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais e Governo de Minas Gerais, além da Lei Federal de Incentivo ao Esporte e Ministério do Esporte.