Texto Ana Paula Paixão / Fotos Hudson Brazil

 

Saber agradecer é um dom, uma graça. E para agradecer por mais um ciclo na história da Santa Casa, na noite de ontem (25), foi celebrada na Catedral Metropolitana de Montes Claros, pelo Arcebispo Emérito Dom José Alberto Moura, Missa em Ação de Graças pelos 148 anos do hospital.

Durante a celebração, que contou com a participação de colaboradores, corpo clínico, diretoria e autoridades locais; foram lembradas (in memoriam), a Irmã Veerlle e Irmã Beata, que foram pilares fundamentais para a edificação da Instituição; bem como as religiosas Carmem e Elvira, que integraram a família da Capelania Nossa Senhora das Mercês, levando o Cristo aos enfermos e seus familiares.

 

Outro momento especial e de muita comoção foi a coroação, feita por membros da capelania, de Nossa Senhora das Mercês, padroeira da Santa Casa de Montes Claros. Considerada modelo de todas as virtudes, a imagem de Nossa Senhora foi aclamada e regozijada por todos os presentes.

 

O Provedor do hospital, Gilson Caldeira, falou sobre a alegria de comemorar mais um aniversário da Instituição. “É demasiado gratificante ver a missão da Santa Casa se cumprir diariamente em seus corredores centenários. São 148 anos de dores amenizadas, novas vidas trazidas ao mundo e outras tantas vidas salvas”.

 

Considerada o coração da saúde norte mineira, a Santa Casa de Montes Claros conta com mais de 2.500 colaboradores e mais de 450 médicos. Para o superintendente Maurício Sérgio, “o momento é de agradecer a todos que diuturnamente se dedicam a proporcionar um atendimento humanizado e de excelência aos nossos pacientes. É também um momento de externar nossa gratidão aos todos os nossos parceiros, que acreditam e contribuem para perpetuar essa história de amor ao próximo, e a toda a população que a abraça a Santa Casa e seus projetos de forma a manter essas luzes centenárias sempre acesas”, disse.