FOTOS: Wesley Gonçalves/Ascom/HUCF

O CAETAN funciona ao lado do HUCF e é referência em atendimentos de pacientes com infecções sexualmente transmissíveis

“Prevenção Combinada e Sexo Seguro”. Esse é o tema da mesa redonda que acontece nesta terça-feira (27/8), às 8h, no auditório do Centro Universitário Pitágoras (UniFIPMOC), dentro da Semana Municipal de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Os trabalhos contam com a participação pelos médicos infectologistas Tiago Soares da Fonseca e Cláudia Biscotto, do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), com abordagens sobre “Profilaxia pré-exposição à infecção ao HIV e Profilaxia pós-exposição”, respectivamente.

Tiago Soares Fonseca é gerente do Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (NUVEH) e médico do Centro Ambulatorial de Especialidades Tancredo Neves (CAETAN) do HUCF. Segundo ele, além do tratamento da infecção pelo HIV/AIDS, o CAETAN é referência no tratamento de outras IST’s, como as Hepatites Virais e a Sífilis.

“O CAETAN e o HUCF têm referência no acompanhamento de pacientes com infecções sexualmente transmissíveis. Ainda assim, acreditamos que a prevenção é a melhor opção. Por isso, o nosso empenho em participar de evento tão oportuno. Nós do CAETAN e HUCF, daremos nossa parcela de contribuição para que os envolvidos compreendam a importância da prevenção das infecções sexualmente transmissíveis”, explicou o médico infectologista.

 

DADOS

Em 2018, o Caetan registrou 403 acompanhamentos ativos, sendo 239 eram do sexo masculino e 164 feminino. Ainda conforme os números, 195 casos eram pacientes de Montes Claros e 208 de outras cidades da região. Destes, 63 pacientes tinham entre 51 e 55 anos, seguidos de 60 casos com idade entre 36 e 40 anos.

 

A SEMANA

A Semana Municipal de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis acontece entre os dias 26 e 30 de agosto, com diversas atividades voltadas para a elaboração de estratégias de prevenção e diagnóstico precoce dessas doenças em alguns locais de Montes Claros, como o Shopping Popular Mário Ribeiro e Unidades de Estratégia de Saúde da Família (STF), além de blitze educativas, panfletagens e palestras em escolas.

Participam da semana, gestores e demais integrantes do programa de IST/HIV/Aids e Hepatites Virais de Montes Claros, representantes de ONG’s como o Grupo de Apoio à Prevenção e Portadores de Aids (Grappa) e Movimento Gay das Gerais (MGG), profissionais de saúde e pessoas portadoras de IST’s.

As atividades estão sendo promovidas pelo setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde. A abertura oficial do evento foi na tarde desta segunda-feira (26/08), no auditório do UNIFIPMOC.