Nesta quarta-feira 13, em que o Consórcio Intermunicipal da Área Mineira da Sudene – CIMAMS, completará cinco anos de existência, ganhou de presente um imóvel para construção do Centro de Convenções dos Municípios do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha. A Câmara Municipal de Montes Claros aprovou e votou em caráter de urgência, na reunião dessa terça-feira 13, o Projeto de Lei nº 93/2019, da Prefeitura de Montes Claros, autorizando a doação de imóvel ao CIMAMS.

Na justificativa do Projeto feita pelo o vice-presidente da Câmara, o vereador Soter Magno (PP), ele informou que no local terá um Centro de Convenções, com recursos já liberados pelo Ministério do Turismo. “É de extrema importância esta proposição, pois já tem recurso garantido estimado em R$ 1.150 milhão. Um ganho para o povo de Montes Claros e da região Norte Mineira e Jequitinhonha que terá um lugar multiuso para o desenvolvimento de ações de fortalecimento do turismo e da cultura dessa importante região”, declarou o vereador.

O imóvel, com área de cerca de 3,9 mil metros quadrados, está localizado no loteamento Vila Nova, ao lado do Jardim Panorama. A edificação deve ser iniciada em até três anos e concluídas no prazo de cinco, a partir da data da sanção da Lei que regulamenta a referida doação.

O presidente do CIMAMS, o prefeito Edmárcio Moura Leal, de Matias Cardoso, comemora a doação do terreno feita pela Prefeitura de Montes Claros e agradece ao prefeito Humberto Souto, e ao vereador Soter Magno que foi interlocutor do Projeto.

“Nosso empenho agora é pela construção do Centro de Convenções dos Municípios do Norte de Minas Vale do Jequitinhonha. A nossa expectativa é de que com os recursos que serão liberados pelo Ministério do Turismo, a primeira parte do Centro seja entregue até o final do meu mandato, em dezembro de 2020. Entretanto, vamos continuar buscando mais emendas junto aos nossos deputados para concretização da obra”, explicou.

Arthur Júnior
ASCOM/CIMAMS