A entidade lançou a pedra fundamental do prédio no Bairro Ibituruna

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Montes Claros – ACI – está oficialmente em obras. Na manhã dessa segunda-feira, 25 de março, a diretoria se reuniu no local que será construída uma nova sede, para o lançamento da Pedra Fundamental. A entidade, que completa 70 anos em dezembro, pretende atender à demanda do associado com as novas instalações.

A ACI foi criada em 31 de dezembro de 1949, tendo como seu primeiro presidente o Dr. Plínio Ribeiro dos Santos, sendo posteriormente substituído pelo Sr. Antônio Loureiro Ramos. A sede própria foi inaugurada, na Rua Carlos Gomes, no dia 16 de julho de 1955, cuja solenidade contou com a presença do então governador, Clóvis Salgado.  Desde então, há quase 70 anos, a ACI funciona neste mesmo prédio, no centro da cidade.

Com o passar das décadas, a cidade se desenvolveu e a ACI tornou-se cada vez mais atuante na sociedade. Os serviços e produtos se multiplicaram, no local são abrigadas salas para os prestadores de serviços, para atendimento ao público; são realizadas palestras e cursos para associados e comunidade e ainda é um espaço utilizado para reuniões importantes no cenário público-privado. Por tudo isso,  há alguns anos, a diretoria pleiteia nova sede, com instalações modernas, mais adequadas aos anseios de toda a comunidade que interage com a ACI.

 

Sonho antigo

 

O sonho começou a se tornar realidade com a doação do terreno no Bairro Ibituruna, pela Prefeitura de Montes Claros, em 1987. Entretanto, por diversas razões, não foi possível dar início às obras. Desta forma, a ACI, por ser uma entidade sem fins lucrativos e ter uma importante atuação junto à população, foi beneficiada pelas Leis municipais 1.656 de 14 de outubro de 1987,  na gestão do Prefeito Dr. Luiz Tadeu Leite; pela Lei 3.743 de 31 de maio de 2007, na gestão do Prefeito Dr. Athos Avelino Pereira; pela Lei 4.825 de 09 de outubro de 2015, na gestão do Prefeito Dr. Ruy Adriano Muniz  e pelo  Decreto nº 3.818 de 12 de março de 2019, na atual gestão do Prefeito Dr. Humberto Guimarães Souto.  Todas as leis e decretos citados autorizaram o município à doação da área de 1.080m2 para a construção da sua nova sede social. A área corresponde aos lotes 7 e 8, situados neste local em que nos encontramos.

Em 2015, os arquitetos Marlú Guimarães e Aliomar Veloso Assis, criaram o primeiro projeto arquitetônico para a sede tão almejada. Contudo, a entidade ainda não estava preparada para tão importante missão, devido à falta de recursos financeiros.  Em novembro de 2017, foi protocolado na Secretaria de Planejamento um novo projeto arquitetônico, assinado pelo Arquiteto e também diretor da ACI, Dennison Rocha, com as adequações necessárias, o qual já está autorizado pela Secretaria de Planejamento.

Segundo Dennison, “fui convidado pelo presidente para elaborar o projeto, que foi feito por minha empresa sem custo para a entidade. A partir de uma pesquisa junto aos gestores da ACI, levantamos as demandas dos espaços físicos e as adequamos ao potencial de investimento atual da ACI, de forma que a entidade possa cumprir o prazo de implantação do projeto previsto no contrato de doação, até dois anos do início das obras”.

A edificação contempla áreas administrativas, setores para os parceiros internos (comercial e produtos oferecidos de parceiros) bem como salas para treinamentos e na segunda etapa (pavimento superior) um auditório/ salão multiuso com capacidade para 140 lugares. Na implantação, haverá estacionamento para 20 carros atendendo às reuniões de diretoria etc.

O presidente do Conselho Superior da ACI, Jamil Curi, ressaltou que “ao longo destes 70 anos, outros projetos também desafiaram a ACI e ela conseguiu realizar. Este projeto tem à frente um arquiteto que atende a todas as nossas expectativas. Ainda, repousa em Dr Newton Figueiredo os pilares de todos os ex-presidentes para que chegássemos a este momento. Com o apoio de toda a diretoria, a entidade deve se manter impertinente com tudo o que precisa ser melhorado. Vamos parar de usar o “e se” e realizar mais ações em prol do Norte de Minas”.

Ao final da solenidade, Dr Newton Figueiredo, presidente da Gestão 2017-2020 da ACI, pontuou que o projeto de uma nova sede é fruto de um ideal de muitos anos, graças à extensão de prazo da Prefeitura, na pessoa do Sr Humberto Souto, que não esteve presente por estar recebendo o Senador Antônio Anastasia. “Vamos construir esse sonho com muito mais de duas mãos. A entidade obtém sucesso através de ideias, parcerias e da dedicação de sua equipe sempre dedicada”.

 

 

 

 

Fotos: Solon Queiroz