Fotos: Hudson Brazil / Texto: Ana Paula Paixão

Chamar a atenção da população sobre mortes por infarto e AVC é um dos principais objetivos da “Iª Corrida Coração Alerta, Cérebro Ativo”, que será realizada pela Santa Casa de Montes Claros no dia 29 de setembro – data em que também é comemorado o Dia Mundial do Coração. Durante o lançamento oficial do evento, ocorrido na noite de ontem (21), o Cardiologista Daniel Ramos, ressaltou que a iniciativa é uma ação de prevenção, uma vez que hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas, são a melhor forma de prevenção de doenças. “Infarto e AVC são as principais causas de óbitos no Brasil e no mundo. Dessa forma, os serviços de cardiologia e neurologia da Santa Casa têm como foco reunir o maior número de pessoas neste evento para chamar a atenção para a prevenção”, explica.
De acordo com o Cardiômetro, criado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), até o dia 22 de agosto, em 2019 foram registradas mais de 250.000 (duzentas e cinquenta mil) mortes por doenças cardiovasculares, que são responsáveis por mais de 30% dos óbitos no país. Os dados apontam que são mais de 1 mil mortes por dia, cerca de 43 por hora e 1 morte a cada 1,5 minuto (90 segundos). A SBC ressalta ainda que as doenças cardiovasculares causam o dobro de mortes que aquelas devidas a todos os tipos de cânceres juntos (2,3 vezes mais que todas as causas externas – acidentes e violência), 3 vezes mais que as doenças respiratórias e 6,5 vezes mais que todas as infecções, incluindo a AIDS. Estima-se que ao final deste ano, quase 400 mil cidadãos brasileiros morrerão por doenças do coração e da circulação.
O neurocirurgião Marcílio Monteiro, reforçou que o AVC constitui a principal causa de incapacidade na idade adulta no Brasil. Ele esclareceu que “existem dois tipos básicos de AVC, o hemorrágico (quando há um sangramento no cérebro), e o isquêmico (quando há obstrução de uma artéria com interrupção do fornecimento de sangue para uma região do cérebro). Este último corresponde a 85% dos AVCs”. O médico lembrou ainda que a Santa Casa de Montes Claros é o único hospital do interior de Minas Gerais que dispõe de uma Unidade de AVC credenciada pelo SUS e com capacidade para oferecer todos os tipos de tratamento, tanto para o AVC isquêmico, como o hemorrágico.
“Temos duas opções de tratamento para o AVC isquêmico. Uma é a trombólise química com a utilização de um medicamento por via venosa que tem a capacidade de dissolver o trombo, desobstruindo a artéria cerebral acometida.  Esse tratamento tem um tempo limitado para ser realizado e os estudos mostram que tem eficácia se realizado dentro das primeiras 4h30 do início dos sintomas. O outro tratamento é o  endovascular, que pode ser realizado em casos em que é identificada a oclusão de um vaso nutridor do tecido cerebral. A realização deste procedimento é de até 24 horas do início dos sintomas de um AVC isquêmico”.

Organizadores e representantes de grupos de corrida

Na oportunidade do lançamento, o superintendente do hospital, Maurício Sérgio Sousa e Silva, parabenizou a iniciativa e lembrou que, em menos de uma semana da abertura das inscrições, mais de 100 pessoas já haviam se inscrito. “A Santa Casa de Montes Claros busca sempre organizar ações de promoção e prevenção à saúde, pois acredita que o que é mais importante do que cuidar dos pacientes, é prevenir a doença”, disse.
Inscrições Iª Corrida Coração Alerta, Cérebro Ativo
As inscrições podem ser feitas através do Sympla (https://www.sympla.com.br/corrida-coracao-alerta-cerebro-ativo__607355), na Secretaria Municipal de Esportes (Rua Enor de Brito, 22, Morada do Sol, Montes Claros-MG), na Academia Feminina Bioativa (Av. Olímpio Prates, 868, Major Prates, Montes Claros-MG) e com representantes de grupos de corrida da região.